As joias Neha Dani equilibram tradição e vanguarda

Pulseira Neha Dani 'Amaranté' com 12 diamantes rosa choque extravagantes totalizando 000 quilates Marcas de joias

A Índia tem uma tradição de criação de joias há séculos. Existem certas tradições aqui, além das quais muitas vezes não é recomendado ir além. Mas os joalheiros modernos querem ultrapassar os limites e ir além da tradição.

Neha Dani faz joias absolutamente originais!

O designer se inspira no mundo natural (como geleiras e vida marinha) para criar peças únicas.

Desde o lançamento da sua coleção de criações únicas em 2014, ela desenvolveu um estilo único - titânio e ouro, pintados em tons psicodélicos; as linhas intrincadas e onduladas não são tanto joias indianas, mas joias de outro mundo.

E enquanto a maioria dos joalheiros encontra as pedras primeiro e baseia seus designs nelas, Dani faz o oposto.

Para ela, esse conceito é central: as pedras preciosas fornecem a paleta que ela usa para realizá-lo. Quando estiver satisfeita com seu modelo de cera, ela o levará consigo, viajando pelo mundo em busca de pedras preciosas só para ela.

A natureza é uma fonte constante de inspiração, embora as interpretações de Dani nunca se reduzam à simples beleza, é sempre uma visão especial da natureza:

As joias Neha Dani foram comparadas ao trabalho de joalheiros do período Art Nouveau:

“Art Nouveau tinha tudo a ver com forma, natureza e cor”, diz Hillary Mucklow. “Embora Neha utilize pedras não associadas à Art Nouveau, ela capta toda a emoção, sensualidade e movimento que a definiram.”

Neha Dani cria intrincadas esculturas de pedras preciosas em 3D inspiradas na energia elementar do ciclo de vida, desde uma pétala até uma onda e galáxias à noite.

Poesia na forma, no volume, na luz e na cor, cada obra faz parte de uma publicação que explora profundamente uma faceta do mundo natural.

Caminho Neha Dani da filha mais nova de uma família tradicional indiana a uma joalheira global é incrível. Ela cresceu viajando pelo mundo, vivenciando a arte e a cultura de diferentes formas, mas ainda assim esperava-se que ela se casasse ainda jovem e se dedicasse à família.

Em vez disso, ela decidiu estudar gemologia e foi para a Califórnia estudar no Gemological Institute of America. Foi lá que ela descobriu sua paixão por pedras preciosas e criou suas primeiras joias.

Neha Dani teve que lutar pelo direito de ser joalheira, e não apenas mãe e esposa. Hoje ela combina com sucesso esses dois aspectos.

Considerando que ela produz apenas de 15 a 20 peças por ano, o trabalho de Dani talvez seja tão raro quanto os tesouros antigos.

Galeria de joias Neha Dani: